Parcelamento
Frete grátis em compras acima de R$ 300,00
Parcelamento
Compre em até 6x sem juros
Parcelamento
Site 100% seguro
Meu carrinho
  • Odontologia De Mínima Intervenção - Ciosp Volume 6

Odontologia De Mínima Intervenção - Ciosp Volume 6

Danilo Duarte, Leandro Hilgert, Soraya Leal

REF.: NAPO05

Ops! Já vendemos todo o estoque.
EDIÇÃO
1ª/2020
EDITORA
Napoleão
PÁGINAS
164
ISBN
9788548000621
FORMATO
21 x 28 x 2
ENCADERNAÇÃO
Brochura
RESUMO

A Odontologia de Mínima Intervenção (OMI) é uma filosofia de cuidados que pode e deve ser aplicada a pacientes de qualquer idade e perfil socioeconômico. Neste livro são apresentados os fundamentos da OMI que são: diagnóstico acurado do estado de saúde bucal, avaliação de risco,  prevenção e controle da doença em diferentes estágios, intervenções minimamente invasivas e retornos individualizados. Ao se adotar esta sequência de cuidados,  aumentam-se as chances de que os dentes permaneçam funcionais em boca ao longo de toda a vida do paciente. Isto é extremamente importante, uma vez que a população brasileira, assim como a população mundial está vivendo cada vez mais.


SUMÁRIO


Cap. 01 – Odontologia de mínima intervenção: o que é ?
Cap. 02 – Etiologia, detecção e diagnóstico de cárie
Cap. 03 – A tomada de decisão no tratamento de lesões cariosas: quando intervir e com qual grau de invasividade?
Cap. 04 – Abordagens não invasivas e mista para o manejo da cárie dentária
Cap. 05 – Abordagens microinvasivas para o manejo da cárie
Cap. 06 – Remoção seletiva de tecido cariado
Cap. 07 – Manutenção e reparo de restaurações adesivas diretas
Cap. 08 – Procedimentos periodontais e peri-implantares de mínima intervenção


PREFÁCIO


“Palavra puxa palavra, uma ideia traz outra, e assim se faz um livro”, citando Machado de Assis ao arriscar uma descrição sobre como a natureza compôs as suas espécies! À semelhança dessa concepção a Comissão Científica do CIOSP/2019 idealizou o modelo de COLETÂNEAS como uma experiência, supondo receptividade e sucesso junto aos leitores e inovação na identidade editorial para os CIOSPs subsequentes. A ideia mostrou-se exitosa e acreditamos ter criado um ciclo virtuoso.  Repetimos, então, as Coletâneas do CIOSP/2020, caracterizadas pela contemporaneidade dos temas, a saber:

Harmonização Orofacial – A outra face da Odontologia – tomo 2.
Odontologia de Mínima Intervenção – Dentes funcionais por toda a vida!
Ortopedia Funcional dos Maxilares – Pesquisa e excelência clínica!
Terapêutica das Infecções Odontológicas – Farmacologia para a prática clínica.
Tecnologias e Técnicas Endodônticas – Em busca da desinfecção ideal Blindagem.
Expansão Rápida da Maxila – Uso clínico em adultos.


Todos os capítulos contidos nas Coletâneas formulam a síntese de um processo de construção e socialização do conhecimento criativo e inovador da Odontologia brasileira. Para além disso, as Coletâneas repousam em um conceito de concisão, de tal modo que do primeiro ao último capítulo de cada uma delas existe um elo de coerência por onde perpassam valores éticos, científicos e clínicos. Relativo à equipe que compõe essas obras, destacam-se pesquisadores e formadores de opinião, docentes jovens e experientes, clínicos com vasta experiência profissional, estabelecendo uma intersecção que resulta em um diálogo entre evidências científicas e atividades clínicas. Nossos sinceros agradecimentos a todos os colaboradores. Sublinhamos, ainda, que a força maior das Coletâneas é revelada pelo modo em que os (as) autores (as)  traduzem visualmente os efeitos estéticos de suas imagens, tabelas, gráficos e quadros que,vinculados aos textos, criam um pacto entre evidências científicas, educação para a saúde e prática clínica. Didaticamente orienta como localizar, avaliar e interpretar conhecimentos e posteriormente incorporá-los, com segurança nas tomadas de decisões clínicas. Essas potencialidades, por si só, justificam uma leitura minuciosa dessas Coletâneas, que têm como propósito instigar novos olhares, ampliar horizontes de ação e atuação e provocar uma reflexão na produção e transmissão do conhecimento em prol de uma melhoria na qualidade de vida das pessoas. Encerramos a apresentação parafraseando o jornalista Guilherme Magalhães, que recorre a Jorge Luis Borges na definição de um livro clássico: “Clássico não é um livro que necessariamente possui estes ou aqueles méritos; é um livro que as gerações humanas premidas por razões diversas, leem com prévio fervor e misteriosa lealdade.” Respeitosa e humildemente é justamente isso que buscamos em nossas Coletâneas.


Boa leitura!
Os organizadores.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba toda semana as informações mais relevantes sobre lançamentos e novidades.